A importância da Faixa Compressiva no pós-operatório

Tempo de leitura: 3 minutos

Sabemos que passar por uma cirurgia plástica exige muita responsabilidade por parte do paciente e, principalmente, do cirurgião plástico. Contudo, para ter certeza do sucesso da  prévias à cirurgia para garantir que ela ocorra sem problemas e, por fim, ser diligente com os cuidados no pós-operatório.

Geralmente, grande parte do sucesso de uma cirurgia plástica está no pós-operatório. Nesse caso, é importante que a cirurgia seja feita de forma correta para o bem-estar e conforto do paciente durante a sua recuperação. Contudo, os resultados finais da cirurgia dependem muito dos cuidados no pós-operatório – para obter os melhores resultados, os cuidados devem ser seguidos à risca.

Sendo assim, o uso da faixa compressiva é um cuidado comum prescrito pelos médicos após os variados tipos de cirurgia plástica, como, por exemplo, mamoplastia, abdominoplastia, lipoaspiração, entre outros. Ela é responsável por auxiliar na cicatrização, deixando o paciente mais confortável, afinal, seu uso influencia muito no resultado final.

Portanto, a faixa compressiva é indispensável para o pós-operatório!

O que é a Faixa Compressiva?

A Faixa Compressiva ou Malha Cirúrgica é uma roupa de compressão, que fornece uma pressão constante em toda a região que foi feita a cirurgia plástica. Sendo assim, o seu objetivo é diminuir a retenção de líquido que se acumula por conta do procedimento.

É importante ficar atento com a escolha da faixa compressiva para se certificar de que ela   tenha um tecido de qualidade, antimicrobiano e que deixe a pele transpirar tranquilamente para não reter umidade. É importante ressaltar que a umidade em excesso pode causar irritações na pele.

Sendo assim, recomendamos que o paciente utilize a faixa o dia inteiro, retirando-a apenas para tomar banho e para lavá-la. Por isso, é essencial que ela seja confortável, como se fosse uma segunda pele para o paciente. Entretanto, se a malha machucar a região afetada, o paciente deverá trocá-la imediatamente.

Como a malha cirúrgica pode ajudar após a cirurgia plástica?

A malha cirúrgica é muito utilizada no pós-operatório, pois exerce uma pressão suave e constante na área operada, com a finalidade de moldar a pele às novas medidas corporais e juntar tecidos que sofreram transformações durante a cirurgia.

Além disso, ela exerce um tipo de drenagem linfática natural que comprime o espaço intercelular e, com isso, ajuda na eliminação do líquido presente no sistema linfático e no plasma sanguíneo. Deste modo, a faixa ajuda a diminuir o inchaço e os edemas comuns que ocorrem no pós-operatório.

Mas uma das principais funções da faixa cirúrgica é auxiliar na cicatrização. Como ela ajuda na eliminação do excesso de líquido acumulado entre as células, elas ficam mais próximas, o que contribui para uma cicatrização mais uniforme.

Qual é a maneira certa de usar a faixa cirúrgica?

O uso da faixa começa logo após o término da cirurgia. No entanto, o cirurgião é o único que pode determinar e escolher o tamanho ideal para que a malha cirúrgica, comprima a pele do paciente sem impedir a circulação sanguínea. A duração do uso também depende da cirurgia. Em média, 1 mês utilizando-a o dia inteiro. Durante esse período, ela pode perder um pouco de sua compressão, tendo que ser substituída pelo próprio fabricante.

Conte com o Dr. Wendell Uguetto

Com o Dr. Wendell Uguetto, você vai receber todo o atendimento necessário para cuidar da sua Ginecomastia. Além disso, através de um exame completo e detalhado, prescrição médica do tratamento e acompanhamento mensal e completo.

Faça já sua avaliação com o Dr. Wendell Uguetto!

Comentários do Facebook