Grau 3 ginecomastia

Entenda as diferenças entre os graus de ginecomastia

Entenda as diferenças entre os graus de ginecomastia

2 minutos A ginecomastia não é um problema grave, porém, é motivo de bastante desconforto e problemas de autoestima e insegurança quanto à própria aparência. Trata-se de um aumento nas glândulas mamárias dos homens, desencadeado por desequilíbrios hormonais. Esse problema, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não atinge exclusivamente os adolescentes. Na verdade, a condição pode ser comum em homens que chegam à terceira idade, por conta da queda na produção de testosterona, e também em recém-nascidos, ainda por conta de exposição ao Continue lendo

Exames necessários para a cirurgia de ginecomastia

Exames necessários para a cirurgia de ginecomastia

2 minutos A ginecomastia não é um problema de saúde grave, mas esse aumento nas mamas masculinas é indesejado e constrangedor. Essa condição ocorre quando há um desequilíbrio entre os hormônios femininos (estrogênio) e masculinos (andrógenos). Em alguns casos, como na adolescência, os níveis hormonais se restabelecem espontaneamente depois de um tempo, fazendo com que a ginecomastia regrida. Quando isso não ocorre, é preciso recorrer ao tratamento medicamentoso ou, nos casos mais graves, à cirurgia de ginecomastia. Como funciona a cirurgia? A cirurgia de Continue lendo

O receio de tirar a camisa durante o carnaval

O receio de tirar a camisa durante o carnaval

menos de 1 minuto Hoje é carnaval e a folia agora está a toda nos quatro cantos do país. De leste a oeste, de norte a sul, todo mundo pulando e curtindo debaixo de um sol de verão de 30 graus para cima. Com tanto calor, fica difícil não querer tirar a camiseta, não é mesmo? E é aí que os problemas começam para os homens que sofrem com algum dos graus de ginecomastia. Seja o grau 1, grau 2 ou grau 3 da Continue lendo

Ginecomastia Grau III

Ginecomastia Grau III

1 minuto A ginecomastia de grau III se caracteriza pela presença de um volume de tecido mamário ainda mais aumentado do que nos graus anteriores e, como consequência, grande excesso de pele. É comum que o mamilo e aréola estejam localizados na curva da mama (o sulco inframamário), como se a mama estivesse “caída”. A aréola pode estar aumentada ou não. Neste grau, o comprometimento estético é de grandes proporções, o que provoca danos psicológicos no paciente, principalmente nos mais jovens, que tendem a Continue lendo